Alexander Ludwig | BELLO Brasil Nº01

01

Algumas pessoas são como jóias que iluminam os lugares por onde passam, e Alexander Ludwig é assim, definitivamente. Sua personalidade encantadora e humilde em conjunto com sua beleza tipicamente Nórdica o tornam, no mínimo, irresistível. Os fãs da série Vikings conhecem muito bem o efeito fascinante que o estilo de Alexander causa, sendo este um dos principais motivos que faz com que eles continuem acompanhando-o, ano após ano. Agora, com a estreia da quinta temporada da série, no final de Novembro, a BELLO optou por iluminar as páginas da primeira edição brasileira
com ele que tem sido um membro muito especial da nossa família.

__________                  
Depois de cinco anos interpretando o guerreiro Björn Ironside, de Vikings qualquer um poderia afirmar que Alexander Ludwig (25) estaria pronto para deixar a jáá renomada série e tentar algo novo. No entanto, isso fica somente no campo da suposição e é totalmente descartado quando ele explica o quanto sua experiência em Vikings significa para ele. “Vejo como uma experiência que só me faz crescer. Eu realmente, sinto que cresci na série, assim como meu personagem. Os amigos que fiz e a família que criamos é tão maravilhosa que acho que não deve ser comum que coisas semelhantes aconteçam”.Talvez, esses laços que jamais serão quebrados ,sejam a maior alegria que Vikings me proporcionou.”Travis Fimmel que interpreta Ragnar e Gustaf Skarsgård que interpreta Floki tornaram-se grandes amigos e os tenho como verdadeiros irmãos. Eles são e serão para sempre, muito próximos à mim, certamente. Travis, em especial, me orientou e ajudou muito e por causa dele, eu sou um ator melhor. Essa ajuda foi incrível.”

Podemos, também , dizer que a essência que compõe a natureza de uma família faz parte da mensagem que a série vem explorando. “Vikings é sobre a família , pois mostra como acontece a ascensão ao poder e como eles lidam com isso”. Ele acrescenta: “O poder é outro tema principal, especialmente a ideia de que o poder corrompe. Você precisa ter certas qualidades para ser um líder“. Para Alexander, uma das outras grandes vantagens de fazer parte da série é que ele se encontra imerso em uma de suas maiores paixões. “Eu sou um grande admirador de História e adoro fazer parte de um show que dramatiza uma parte real do que a humanidade jáá viveu. Claro que de vez em quando adaptamos os fatos históricos para a dramaturgia usando de nossa liberdade criativa, mas na maioria das vezes permanecemos fiéis ao que realmente aconteceu. Ser parte disso é, certamente, uma das grandes experiências da minha vida “.

Vikings foi uma das pioneiras em fazer sucesso, nesta nova onda de dramas baseados em batalhas que ocorreram no velho mundo. Por conta disso, ficamos curiosos em saber a opinião de Alexander e o que ele achava que poderia estar por trás do aumento deste gênero de séries ,na última década. “Eu só posso falar como fã. Sempre adorei filmes e peças históricas e que descrevem a vida de épocas antigas.”Acho que os telespectadores ,sempre vão gostar deste tipo de coisa e acho que isso nunca desaparecerá. As pessoas adoram saber sobre a História, os shows só precisam ser fiéis aos fatos e serem lançados no momento certo. Mas, desde o Game of Thrones e os Vikings, percebi que mais e mais shows vêm surgindo nestes mesmos moldes “.

Sempre houve uma atração atemporal para os guerreiros, e podemos facilmente fazer um paralelo entre as batalhas de gladiadores da Roma antiga e os lutadores atuais, como Mayweather e McGregor. “Eu amo o UFC e sempre adorei esse mundo. Cresci lutando e quando era mais jovem, fiz muay thai, e também fui jogador de hóquei. Eu estava torcendo pelo McGregor porque já o acompanhava antes de todo esse seu sucesso repentino. Ele é fã de Vikings e eu já era fã dele, então nós no encontramos, de fato, na Irlanda. Foi logo no início da ascenção de Conor – ele tinha acabado de passar pela sua primeira luta no UFC, e foi em Dublin. Foi o máximo assistir “.

Houve uma ocasião , neste ano, que fez com que Alexander tivesse vontade de fazer como o McGregor e mostrar a força dos seus punhos! Foi por conta de um fato embaraçoso (ainda que, hilário) na Comic-Con que aconteceu , no início deste ano. O BFF e co-estrela de Vikings Travis (Ragnar) achou que seria uma boa ideia pregar uma peça em Alexander, na frente da enorme multidão que estava no evento. “Este ano na Comic-Con, Travis deu a todos o número do meu telefone e ele fez isso na frente de 4.000 pessoas. Eu ainda tenho que bloquear números. É insano. Foi muito louco! [rindo]. E você pode imaginar a quantidade de mensagens de texto que recebi, certo?.”

Mesmo depois desta “brincadeirinha” é muito difícil para Alexander guardar qualquer rancor com relação à Travis, especialmente porque eles passam muito tempo juntos gravando na Irlanda. “A Irlanda tem uma incrível mitologia e história. Sem mencionar que toda a equipe em Dublin e tudo neste país são incríveis, assim como os Irlandeses, também.. Eu me apaixonei por viver na Irlanda”.

Quando o assunto se volta para quais os próximos lugares do mundo que ele gostaria de visitar, Alexander rapidamente se volta para a América do Sul. “O Brasil seria uma viagem dos sonhos para mim. Eu já estive no Rio uma vez quando era criança, mas adoraria conhecer mais deste país”. Mas sua lista, certamente não para por aí. “Eu também adoraria conhecer o sudeste da Ásia. Eu sempre quis escalar o Monte Everest, bem como os Sete Cumes. Sou um aventureiro e é assim que eu quero viver minha vida. Gastamos tanto tempo com nós mesmos, por que não tornar isso interessante? Vá viajar, vá explorar! É algo que compartilho, profundamente, com meu personagem Björn. “
Fazendo parte da família BELLO desde os dezenove anos, pedimos que ele nos dissesse o que significava para ele ser escolhido para a capa da edição de estreia da BELLO Brasil. “É uma honra! Nem tive que passar pelo meu publicitário. Alek, editor-chefe da BELLO, me enviou mensagens de texto e eu imediatamente aceitei fazer a matéria. Eu acho que criar grandes relacionamentos com pessoas nas quais você confia e respeita, como o time da BELLO é muito importante. Isso é muito legal, porque eu sei que os brasileiros são muito fãs do show, e agora, tenho a honra de estar na capa desta primeira edição. É muito legal “.

Então, o que é que ele mais ama sobre o Brasil? “O povo, cara! Eu acho o povo brasileiro simplesmente incrível. Temos tantos fãs brasileiros de nosso show! Nunca conheci um brasileiro que não fosse uma pessoa alegre e boa de conversa. Eles são exuberantes, tem uma grande energia e eu adoraria passar mais tempo junto deles. Sem mencionar as praias e o sol, é claro “.

As praias do Brasil são bem parecidas com a paisagem acidentada da Irlanda, e Alexander se sente abençoado – tanto pessoal quanto profissionalmente, por estar filmando lá. Sua experiência em Vikings lhe deu alguns dos momentos mais extraordinários de sua carreira como ator. “A última cena que filmei para a temporada cinco foi, sem dúvida, o meu maior momento, aquele do tipo” me belisca para eu ver que não é um sonho”, sabe?”. Foi uma das maiores cenas que já tive a oportunidade de filmar. Embora eu não possa explicar o contexto sem revelar alguns elementos surpresa, foi essencialmente no momento em que Björn pedia comprometimento em uma enorme batalha a todos os soldados que estavam em posição, alinhados contra a muralha. Foi o meu maior discurso como gladiador, e foi um momento realmente especial para mim. É muito raro para um ator conseguir fazer tudo o que fiz naquele dia. Foi um dia realmente especial para todos os envolvidos “.

Mas nem todos os dias no set de filmagens de Vikings são cheios de alegria. “Há dias muito difíceis, também. Dois dos dias mais difíceis de toda minha carreira foi durante a temporada 4, eu acho. Nós estávamos gravando e estava frio, muito frio. Nevava muito, e eu me vi correndo de volta para o acampamento porque tinha muito medo de meus dedos congelarem pela geada. Mesmo assim, tinha que voltar e fazer a cena de novo e quando fazia, corria de volta para o acampamento e isso foi duro, já que foi uma luta contra poderosos elementos da natureza. Não é glamuroso, é bastante difícil. Não há como viver como uma divas, desse jeito! Muitas pessoas foram hospitalizadas em nossa equipe, mas felizmente ninguém nunca perdeu nenhuma parte do corpo, graças a Deus “.

Interpretar um guerreiro na televisão deu a Alexander bastante tempo para refletir sobre o mundo dos vilões e dos heróis, incluindo o presente. Perguntei a ele quem mais o inspira em 2017. “Alguns dos meus maiores heróis agora são os que ajudam com o furacão Harvey e o furacão Irma, bem como aqueles que se opõem ao racismo, especialmente considerando o que aconteceu em Charlottesville. Acredito que agora é hora de nos movimentarmos e termos grupos de pessoas se juntando em prol de grandes causas. O mundo inteiro está dividido e é muito importante para todos nós, nos reunirmos e lutarmos pelo que queremos. Eu me sinto inspirado por um novo herói todos os dias – seja ele um amigo ou um estranho. Pessoas que estão fazendo coisas excelentes nas mídias sociais. Sempre incentivo todos a ficarem envolvidos em uma causa e então percebo que estamos todos juntos. Todos somos uma grande família “.

                                                                                                                                                                                                                              

Photographer/Fotógrafo: Arthur Galvao

Grooming: Grace Phillips

Stylist/Estilista: Gabriel Langenbrunner

ALEXANDER THE GREAT

by Brent Lambert

There are some people in this world who light up the whole room when they walk inside, and Alexander Ludwig is most definitely one of those gems. His charming, humble, and beautiful personality is coupled with those chiseled, Nordic good looks, making for an irresistible combination to say the least. Fans of the series Vikings are well aware of the ‘Alexander allure’, for it’s one of the main reasons they keep coming back year after year for more. Now with the show set to premiere its fifth season in late November, BELLO wanted to light up the pages of our very first Brazilian issue with Alexander, who has been such a special part of our BELLO family for so many years.

__________                  

After five season of playing Vikings warrior Björn Ironside, one might assume Alexander Ludwig (25) would be ready to try something new. That assumption would be quickly brushed aside when he explains just how much his Vikingsexperience means to him. “It’s been a huge growing experience for me. I really feel like I grew up on the show, just as my character did. The friends I’ve made and the family that we’ve created is akin to none other.” Perhaps the greatest joy of his time on Vikings has been building the bonds of unbreakable brotherhood along the way. “Travis Fimmel (who plays Ragnar) and Gustaf Skarsgård (who plays Floki) have become my big brothers in so many ways. They are very close friends of mine, and they will be forever. Travis, especially, has really mentored me, and because of him I’m a better actor. It’s been amazing.”

The nature of family also happens to be at the very heart of the psychological terrain the show is exploring. “Vikings is ultimately about family — their rise to power and how they deal with it.” He adds, “Power is another major theme, especially the idea that power corrupts. You have to be a certain type of person to be a leader.” For Alexander, one of the other big perks of being part of the series is that he gets to be immersed in one of his biggest passions. “I’m a huge history nerd and I love being a part of a show that dramatizes a real part of history. We take our creative liberties with the timeline once in a while, but for the most part we stay true to history. Being a part of this show has been one of the great experiences of my life.”

Vikings was one of the first series in the new wave of old world battle dramas to really explode with fans, so we were curious what he thinks might be behind the huge rise of the genre over the past decade. “I can only speak as a fan — I’ve always loved period pieces. I don’t think viewers’ love of them will ever go away. People love period pieces, they just need to be done right and come out at the right time. But since Game of Thrones and Vikings I’ve noticed so many more shows spinning off that vibe and having that similar kind of look.”

There has always been a timeless attraction to warriors, and one can easily make parallels between the gladiator battles of ancient Rome and the fighters of the modern ring such as Mayweather and McGregor. “I love the UFC, and I’ve always loved that world. I grew up fighting when I was younger as well, such as muay thai, and I was a hockey player, too. I was rooting for McGregor because I met him before all the crazy success happened. He’s a fan of Vikings and I was a fan of his, so we actually met when we were out one day randomly in Ireland. It was Conor’s early days — he had just had his first UFC fight ever, and it was in Dublin, so that was cool to watch.”

There’s a very good chance Alexander may have clenched his fists as tightly as McGregor during a cringeworthy (yet ultimately hilarious) moment at Comic-Con earlier this year when his BFF and Vikings co-star Travis (Ragnar) thought it would be a good idea to play a huge practical joke on him in front of the enormous crowd. “This year at Comic-Con, Travis gave everybody my number and he said it in front of 4,000 people. I’m still having to block numbers. It’s insane. It was pretty intense [laughing]. And you can imagine the crazy number of texts I got.”

It’s hard for Alexander to hold a grudge, especially since he and Travis get to spend so much time shooting in the vast beauty of Ireland. “Ireland has such an incredible mythology and history. Not to mention the crews in Dublin and across Ireland are incredible, and the people are amazing. I’ve totally fallen in love with living in Ireland.”

When the subject turns to what other places in the world he would love to soak up next, Alexander was quick to turn his sights to South America. “Brazil would be the biggest dream trip of all for me. I’ve been to Rio once when I was a kid, but I would love to see more of that country.” But his bucket list certainly doesn’t stop there. “I would also love to do southeast Asia, and I’ve always wanted to climb Mount Everest, as well as the Seven Summits. I’m such an adventurer, and that’s really how I want to live my life. You spend so much time with yourself, so why not make yourself interesting? Go travel, go explore! That’s something I share deeply with my character Björn.”

Having been part of the BELLO family since he was nineteen, we asked him what it meant to him to be chosen for the cover of the debut issue of BELLO Brasil. “It’s such an honor! It didn’t even have to go through my publicist. Alek, BELLO‘s Editor-in-Chief, texted me and I was immediately on board. I think building great relationships with people that you trust and respect, like the BELLO team, is so important. This is really cool because I know Brazilians are such huge fans of the show and I’m honored to be on the cover of the first issue. It’s pretty cool.”

So what is it about Brazil that he loves the most? “The people, man! I think the Brazilian people are just incredible. We have so many Brazilian fans of our show and I’ve never met a Brazilian that has not been a complete joy to talk to. They are filled with such exuberance and great energy and I would love to spend more time around them. Not to mention the beaches and the sun, of course.”

The beaches of Brazil couldn’t be more different than the rugged landscape of Ireland, but Alexander still feels blessed — both personally and professionally, to be filming there. His Vikings experience has given him some of the most extraordinary moments in his career as an actor. “The very last scene I filmed for season five was unquestionably my biggest ‘pinch me now’ moment of my time on Vikings. It was one of the greatest scenes I’ve ever had the opportunity to film. Although I can’t explain the context without revealing spoilers, essentially Björn is pleading in a huge battle to all these soldiers who are lined up against the wall. It’s my big gladiator speech in that sense, and it was a really special moment for me. It’s very rare as an actor do you get to do what I did that day. It was a really special day for everybody involved.”

But not everyday on the Vikings set can be full of joy. “There are really hard days, too. Two of the most difficult days I think of my entire career happened during season four. We were shooting in the freezing cold, it was snowing like crazy, and you’re running back to the tent because you’re so afraid your fingers are going to get frost-bitten. Then you go back out, do the scene again, run back to the tent, and it’s a constant battle against the elements. It’s not glamorous at all, it’s quite tough. You can’t be a diva on our shoot. Many people have been hospitalized on our crew, but thankfully nobody has ever lost any body parts, thank God.”

Getting to play a warrior on television has given Alexander plenty of time to ponder the world of villains and heroes, including the present day. I asked him who inspires him the most in 2017. “Some of my biggest heroes right now are the ones helping out with Hurricane Harvey and Hurricane Irma, as well as anybody standing up against racism, especially considering what happened in Charlottesville. I think right now it’s the time for movements, and groups of people coming together for a cause, as opposed to one individual person or leader. Our whole world is being divided and it’s so important for everybody to come together collectively and stand for something. I feel like I’m inspired by a new hero everyday — whether it’s a friend or a complete stranger doing great things on social media. I encourage everybody to get involved in a cause and realize we’re all in this together. We’re all just one big family.”

About The Author

Aleksandar Tomovic
Editor in Chief

French photographer (of Serbian Origins) lives and works in Los Angeles. Known for his celebrity fashion editorials and recognized around the world for his european esthetics and american efficiency.

Leave a Reply

Your email address will not be published.